CHUVA 21 - PAULO STORM SOLUÇÕES CLIMÁTICAS

 

 

 

Produção de Chuva no Combate à Estiagens e   Secas prolongadas



Abastecimento de Reservatórios



Reabilitação Atmosférica e Climática




O que fazemos:


1) Produção de Chuva a baixo custo por área irrigada. Não dependemos de nuvens previamente no céu. Não utilizamos aviões nem produtos químicos. Nossos equipamentos funcionam no solo estimulando a geração de nuvens e consequentemente chuva, reequilibrando o clima. Prestamos serviço em qualquer região  que esteja com falta ou irregularidade de chuvas, veranicos, estiagens ou secas prolongadas, incêndios florestais. Abastecemos reservatórios em área coberta por nosso sistema, através da regularização do regime de chuvas. Em outras palavras, revertemos a tendência de seca em tendência de chuva, cuja característica é mansa, calma, bem distribuída no tempo e no espaço.


2) Diminuição ou Minimização da Poluição Atmosférica. Em áreas cujo ar é muito poluído, ou onde a poluição é agravada pela estação seca, podemos diminuir ou minimizar esta condição tóxica para níveis aceitaveis e mais seguros para a saúde. Além de proporcionar certa elevação da umidade relativa. Auxiliando no combate e prevenção de condições respiratórias severas principalmente em crianças e idosos. Os problemas mais comuns são: irritação na gartanta, olhos e mucosas com ardor e desconforto; enfisema pulmonar; bronquite e outros problemas respiratórios. Esses acontecem a curto prazo. Se as pessoas ficam expostas por tempo prolongado (anos ou décadas) podem apresentar: desenvolvimento de cardiopatias (doenças do coração) além do agravamento das condições pulmonares com forte risco de desenvolvimento de câncer principalmente de pulmão; Mal de Alzheimer; Doença de Parkinson; outras doenças do coração devido a inalação de partículas poluentes existentes em grandes centros urbanos, dentre elas metais pesados altamente tóxicos. Esses fatores associados a outros, podem acentuar alteração dos níveis hormonais em homens e mulheres. A somatória dessas condições de Poluição Atmosférica agindo sobre o organismo humano provoca a diminução das defesas do corpo (sistema imunológico enfraquecido) para combater bactérias, vírus e outros antígenos. Como consequência há uma diminuição da qualidade de vida afetando diretamente a expectativa de vida, a qual diminui em cerca de dois anos aproximadamente.


3) Diminuição ou Prevenção de Distúrbios Atmosféricos: tempestades (com inundações ou enchentes decorrentes), granizo, vendavais, raios em demasia, e outras condições severas. Isso só é possível se e somente se houver um trabalho de recuperação das funções naturais da atmosfera e da qualidade do ar próxima aos níveis aceitaveis para a saúde coletiva. Portanto para atingirmos esse grau de eficácia e eficiência é necessário um profundo nível de preparo técnico, físico, intelecutal, psíquico e emocional do reabilitador, pois este está sujeito a riscos importantes, embora controláveis, durante operações de melhoria das condições de poluição do ar e de combate a distúrbios atmosféricos severos (os mesmos cuidados se aplicam à condições de seca e estiagem). As consequências desse tipo de trabalho preventivo é a maior segurança do reabilitador e equipe, da coletividade social e melhores condições econômicas para uma dada população que sofre com altos índices de poluição atmosférica, tempestades, enchentes e indundações, ou secas e estiagens prolongadas, pois nessas condições atmosféricas adversas, a economia local sofre diretamente. Proporcionamos uma maior estabilidade climática para um melhor planejamento ambiental, social e econômico. Os extremos climáticos que combatemos, associados a vários outros fatores, dão origem ao processo chamado de Desertificação. Nosso trabalho sistemático em região específica pode contribuir solidamente no combate e reversão da desertificação, juntamente com outras contribuições valiosas e fundamentais na ação conjunta, interdisciplinar e multidisciplinar.



OBSERVAÇÃO: Uma tarefa dessa natureza, como qualquer outra, requer profundo e paciente estudo, preparo, habilidade, sensibilidade, autocontrole, segurança, poder de decisão, equilíbrio, ponderação, humanidade e principalmente humildade diante das forças da natureza. Qualquer pessoa que tente desafiá-las, indo contra essas mesmas forças que regem não só o clima da Terra mas todas as demais funções da natureza, estará pondo em risco sua própria vida de forma aguda ou gradativa, contraindo uma doença degenerativa por exemplo. Além de por em risco a vida da população e meio ambiente sob seu alcance por não saber o que está fazendo (podendo provocar aquilo que se combate!). Semelhante a uma pessoa leiga que se atreve a realizar uma neurocirurgia. Somente o neurocirurgião tem o preparo adequado e a responsabilidade para essa cirurgia, não outro profissonal ou pessoa. Por isso o treinamento profundo, sistemático, adequado e paciente é fundamental para a execução segura da Reabilitação Atmosférica e Climática, que é o nosso trabalho. "Fazer chover" não é competência do ser humano. E não é o problema central. O ponto central é ajudar a atmosfera a se recuperar e voltar a funcionar de forma saudável. Quem faz chover é a Natureza cuja origem é a Criação. Existem leis que a regem que têm de ser respeitadas. Conhecidas e desconhecidas ainda. Portanto o que fazemos é tão somente reabilitar, o máximo possível, a atmosfera e o clima (se o tratamento é levado a sério numa base contínua de anos), pois apenas proporcionamos condições necessárias e favoráveis para que a atmosfera funcione de forma natural e saudável. Observamos também que o termo "normal" é diferente do termo "saudável" ou "natural". Certas condições climáticas são ditas "normais", porém são fruto da "doença atmosférica" já instalada há anos, décadas ou séculos. Alguns padrões climáticos ditos "normais" são apenas expressões diretas e inequívocas (para o reabilitador atmosférico-climático experiente) de uma condição de degeneração ambiental, mais precisamente de degeneração atmosférica.



Garantia e condições experimentais:

Oferecemos GARANTIA de nossso serviço com Contrato de Risco, em certos casos.

Aceitamos trabalhar experimentalmente em cooperação com grupos ecológicos e de preservação e recuperação ambiental; com a população de uma região que solicite ajuda; com pesquisadores ligados ou não à universidades; para remediação de áeras afetadas por desastres naturais e degradação do meio ambiente, como poluição atmosférica, incêndios florestais, desmatamento, desertificação, estiagens, secas, desabastecimento de reservatórios, inundações, enchentes... Nosso campo de atuação é a Reabilitação Atmosférica e Climática. O trabalho cooperativo conjunto é primordial.


CONTATO

E-mail: chuva21@chuva21.com.br 

Tel: (61) 9-9608-8132         

Brasília - Distrito Federal

BRASIL

 


                                      

Paulo Storm 

Reabilitador Atmosférico-Climático 
(29 anos de Pesquisa e Desenvolvimento)


"Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário."
(Albert Einstein)